Aprenda a negociar
 

Glossário de negociação

De iniciantes a especialistas, todos os operadores precisam conhecer uma grande variedade de termos técnicos. Deixe-nos ser seus guias.

Saber mais

Biblioteca de guias de negociação

Independentemente do seu nível de experiência, baixe nossos guias de negociação gratuitos e desenvolva suas habilidades.

Saber mais
Aprenda a negociar

Negocie com mais inteligência: melhore suas habilidades com nossos recursos de treinamento.

Crie uma conta Live
Análise de mercado
 

Calendário Econômico

Esteja à frente de todos os movimentos do mercado com nosso calendário econômico constantemente atualizado.

Saber mais

Análise técnica

Use os dados de mercado passados para prever a direção dos preços e antecipar movimentos do mercado.

Saber mais
Análise de mercado

Aproveite a inteligência de mercado que você precisa para criar suas estratégias de negociação.

Crie uma conta Live
Parcerias
 

Programa de Afiliados

Faça seu negócio crescer e seja recompensado. Saiba mais sobre o nosso Programa de Afiliados hoje.

Saber mais

Gerente de dinheiro

Aumente sua renda e seja recompensado por seu conhecimento sobre negociações com a ThinkInvest, que coloca você no controle.

Saber mais

Negociação com API

Crie sua própria plataforma de negociação ou ferramentas de dados com nossas modernas APIs.

Saber mais

Programa de IBs

A ThinkMarkets garante elevados níveis de satisfação do cliente com altas taxas de retenção de clientes e conversão.

Saber mais

Etiqueta branca

Nós fornecemos tudo o que você precisa para criar sua própria marca no setor de Forex.

Saber mais

Representantes regionais

Seja parceiro da ThinkMarkets hoje para ter acesso a serviços completos de consultoria, materiais promocionais e seus próprios orçamentos.

Saber mais
Parcerias

Conecte-se às plataformas de última geração e às negociações que seus clientes querem.

Crie uma conta Live
Sobre o ThinkMarkets
 

Sobre nós

Saiba mais sobre a ThinkMarkets, uma corretora global estabelecida e multipremiada em que você pode confiar.

Saber mais

Segurança dos fundos

A segurança dos seus fundos é nossa prioridade. Saiba mais sobre a nossa apólice de seguro com o Lloyd's de Londres.

Saber mais

Infra-estrutura de negociação

Quando se trata da velocidade em que executamos suas negociações, não poupamos despesas. Saiba mais.

Saber mais

Wiadomości ThinkMarkets

Fique atualizado com as nossas últimas notícias e anúncios.

Saber mais

Entre em contato conosco

Nossa equipe de suporte multilíngue está aqui para você 24/6.

Saber mais
Sobre o ThinkMarkets

Presença global, conhecimento local - descubra o nosso diferencial.

Crie uma conta Live
Criar conta

Negociação de criptomoedas

Spreads mais baixos. Segurança excepcional de fundos. Nós aprimoramos nossa negociação de cripto para você.

 
Mercado Bid Ask Spread

Nossa negociação de cripto acabou de ser atualizada

 

Por que negociar CFDs cripto?

 
Alta volatilidade

Aproveite os movimentos dinâmicos nos mercados de cripto

Invista long e short

Negocie a alta e a baixa de criptomoedas velozes, como o Bitcoin

Sem carteira digital

A negociação de cripto CFDs elimina o transtorno de lidar com câmbio

 
Diversificação

Diversifique seu risco participando de novos mercados

Novas oportunidades

Ganhe exposição a mercados descentralizados menos afetados por eventos geopolíticos

Fácil acesso

Negocie forex, CFDs e criptos, todos a partir da mesma conta

Negociando criptomoedas com a ThinkMarkets

 

É por isso que milhares de operadores em todo o mundo escolhem negociar criptomoedas conosco

  • Plataforma sofisticada

    Selecione a plataforma que melhor se adapta às suas necessidades entre a robusta ThinkTrader, a MetaTrader 5 de próxima geração e a popular MetaTrader 4.

  • Móvel superior

    Experiência de negociação inigualável em qualquer lugar, em dispositivos móveis e tablets

  • Suporte de classe mundial

    Nossa equipe de suporte multilíngue está aqui para ajudá-lo com todas as suas dúvidas 24 horas por dia via e-mail, telefone e bate-papo ao vivo.

Como negociar criptomoedas

Negociar criptomoedas é, em muitos aspectos, similar à negociação de Forex. Nossas criptomoedas são cotadas tanto em dólares americanos quanto em euros, permitindo que você especule se o valor delas aumentará ou diminuirá em relação à moeda de sua escolha..

Se você acha que o preço do Bitcoin subirá em relação ao dólar americano, você colocará uma ordem de compra no BTC/USD. Se o preço subir, você terá lucro com base no movimento do preço e no tamanho de suas posições. Se cair, sua conta terá uma perda.
Existem duas diferenças principais entre negociar Forex e negociar criptomoedas.
Os mercados de criptomoeda são jovens e altamente voláteis. É por isso que o gerenciamento de riscos é de suma importância para os operadores que desejam participar desse ambiente de negociação acelerado. A segunda diferença fundamental é que as criptomoedas são imunes à inflação monetária. A moeda fiduciária pode ser impressa sempre que o governo quiser. As criptomoedas, por outro lado, têm limites de mercado predefinidos.

Você está pronto para negociar criptomoedas?

 

Prêmios

A ThinkMarkets é a orgulhosa vencedora do ano nas categorias Melhor Experiência de Negociação de Forex e Melhor Inovação em Negociação de Forex pelo UK Forex Awards 2017.


 

O que é Bitcoin?

Como o preço do Bitcoin atingiu o nível de $1.000 em dezembro de 2013, o mundo das negociações começou a perceber as oportunidades únicas oferecidas nos mercados de criptomoedas. Mas o que exatamente é Bitcoin e como os operadores podem se beneficiar das oscilações de preço?

Bitcoin é uma moeda digital criada em 2009 por uma pessoa misteriosa (ou um grupo de pessoas) sob o pseudônimo de Satoshi Nakamoto. Numerosas tentativas de verificar a identidade por trás dela não tiveram sucesso. O Bitcoin foi criado com o uso de uma tecnologia inovadora chamada blockchain. Embora seja complicado compreender a tecnologia por trás das criptomoedas, o importante para os operadores é entender é quem controla o Bitcoin.

Ao contrário das moedas tradicionais emitidas pelos bancos centrais (isto é, dólar americano, euro, libra esterlina, etc.), o Bitcoin não é controlado ou regulado por nenhuma autoridade. O Bitcoin pode ser negociado entre usuários sem a necessidade de bancos. Os registros das transações do Bitcoin estão disponíveis publicamente para todos os usuários da rede. O número máximo de Bitcoins que podem ser criados foi limitado a 21 milhões pelo seu criador.

 

O que afeta o preço do Bitcoin?

Em janeiro de 2010, o preço do Bitcoin estava abaixo de 10 centavos. Apenas após 2013 as pessoas começaram a reconhecer o Bitcoin como um meio de troca de valor. Foi aí que o preço de um único Bitcoin ultrapassou os $100.

 Em 2017, o preço do Bitcoin subiu para $7.000, com inúmeras quedas e aumentos nesse período. Em maio, por exemplo, o Bitcoin registrou perdas de até $400 em um único dia. E é exatamente aí que a negociação entra. 

Este tipo de volatilidade é inédita nos mercados financeiros. Mas antes de começar a negociar Bitcoin e outras criptomoedas, vamos dar uma olhada em alguns fatores-chave que movimentam os preços:
 

  1. Oferta e demanda

    Como com qualquer outro ativo, quanto mais pessoas e empresas adotarem, maior a demanda. Para criptomoedas com oferta limitada, como o Bitcoin, essa dinâmica aumenta seu preço.

  1. Meios

    O mercado de criptomoeda capturou o interesse das redes sociais como do mainstream. Quando figuras influentes expressam suas opiniões, os preços das criptomoedas podem ser afetados significativamente.

  1. Tecnologia

    Como com qualquer software, qualquer atualização ou alteração nos protocolos tecnológicos usados pode causar flutuações de preço substanciais.

  1. Regulação governamental
    A chegada das criptomoedas foi recebida com respostas variadas do governo, da mão pesada da Coreia do Sul que elevou o valor ao abraço do Japão no outro extremo do espectro.

Conheça as 10 principais criptomoedas

O Bitcoin pode ser a criptomoeda mais popular, no entanto, está longe de ser a única. Esta é uma visão geral das dez criptomoedas mais populares.
 

  1. Ethereum (ETH/USD & ETH/EUR)

    O Ethereum foi proposto por um programador russo e foi lançado em julho de 2015. A principal diferença entre Bitcoin e Ethereum é que o BTC foi criado para ser uma moeda desde o princípio.

    O Ethereum, por outro lado, foi desenvolvido como uma plataforma na qual duas entidades podem estabelecer um contrato sem um terceiro, através dos chamados contratos inteligentes. O Ethereum pode ser usado como moeda e também pode representar ativos virtuais.

  1. Litecoin (LTC/USD & LTC/EUR)

    Fundado pelo engenheiro do Google, Charlie Lee, com a intenção de criar a "prata" para o "ouro" do Bitcoin, o Litecoin entrou na cena de criptomoedas como o gêmeo do Bitcoin. Desde o seu lançamento em outubro de 2011, o Litecoin se beneficiou rapidamente do maior interesse em criptomoedas.

  1. Ripple (XRP/USD & XRP/EUR) 

    A Ripple foi lançada em 2012 por uma start-up da FinTech com o objetivo de desenvolver a situação do Bitcoin, ou seja, liberar as pessoas das restrições financeiras do sistema financeiro, como taxas, cobranças por câmbio e atrasos de processamento.

    Usada por instituições financeiras reconhecidas, como UBS, UniCredit e Santander, a Ripple conseguiu ganhar a simpatia de bancos e instituições como tecnologia de infraestrutura de liquidação.

  1. Dash (DASH/USD)
    O desenvolvedor americano de software, Evan Duffield, criou o Dash em 2015 com o objetivo de ampliar o conjunto de recursos do Bitcoin e criar a criptomoeda mais amigável do mundo, com foco no aprimoramento do anonimato para o usuário..

  1. Monero (XMR/USD)

    O Monero foi lançado em abril de 2014 e teve uma grande flutuação de cerca de 25 centavos em janeiro de 2015 para cerca de $60 em maio de 2017. Ele atraiu o interesse dos investidores por sua capacidade de fornecer aos usuários um alto grau de anonimato.

  1. ZCash (ZEC/USD)

    ZCash é outra criptomoeda orientada para a privacidade criada pelo desenvolvedor americano Zooko Wilcox. O ZCash teve uma demanda muito forte em seu primeiro dia de negociação, mas logo recuou. A oferta e a demanda futuras ajudarão o preço do ZCash a encontrar o equilíbrio.

  1. Neo (NEO/USD)

    O Neo, também conhecido como “Ethereum chinês” ou “Assassino de Ethereum” é a primeira criptomoeda lançada na China.  Ao contrário de outras criptomoedas, o NEO não pode ser fracionado. A menor unidade é um.

  1. OmiseGo (OMG/USD)

    O OmiseGo foi criado com a intenção de tornar as transações e o câmbio de moedas mais baratos, independentemente de usar criptomoedas ou moedas tradicionais.

  1. Bitcoin Cash (BCH/USD)

    O Bitcoin Cash foi lançado em agosto de 2017 como resultado do Hard Fork do Bitcoin. Embora seja difícil explicar um Hard Fork de forma simples, pense nisso como uma tentativa de resolver o problema de escalabilidade do Bitcoin, ou seja, o fato de que, conforme o número de usuários aumenta, a tecnologia usada pela rede Bitcoin precisa ser atualizada.

  1. Iota (IOTA/USD)

    O Iota usa uma tecnologia completamente diferente do Bitcoin. Sua principal inovação é o fato de sua rede aumentar à medida que o número de usuários aumenta e de permitir transações sem taxas.

Back to top