Aprenda a negociar
 

Glossário de negociação

De iniciantes a especialistas, todos os operadores precisam conhecer uma grande variedade de termos técnicos. Deixe-nos ser seus guias.

Saber mais

Biblioteca de guias de negociação

Independentemente do seu nível de experiência, baixe nossos guias de negociação gratuitos e desenvolva suas habilidades.

Saber mais
Aprenda a negociar

Negocie com mais inteligência: melhore suas habilidades com nossos recursos de treinamento.

Crie uma conta Live
Análise de mercado
 

Calendário Econômico

Esteja à frente de todos os movimentos do mercado com nosso calendário econômico constantemente atualizado.

Saber mais

Análise técnica

Use os dados de mercado passados para prever a direção dos preços e antecipar movimentos do mercado.

Saber mais
Análise de mercado

Aproveite a inteligência de mercado que você precisa para criar suas estratégias de negociação.

Crie uma conta Live
Parcerias
 

Programa de Afiliados

Faça seu negócio crescer e seja recompensado. Saiba mais sobre o nosso Programa de Afiliados hoje.

Saber mais

Gerente de dinheiro

Aumente sua renda e seja recompensado por seu conhecimento sobre negociações com a ThinkInvest, que coloca você no controle.

Saber mais

Negociação com API

Crie sua própria plataforma de negociação ou ferramentas de dados com nossas modernas APIs.

Saber mais

Programa de IBs

A ThinkMarkets garante elevados níveis de satisfação do cliente com altas taxas de retenção de clientes e conversão.

Saber mais

Etiqueta branca

Nós fornecemos tudo o que você precisa para criar sua própria marca no setor de Forex.

Saber mais

Representantes regionais

Seja parceiro da ThinkMarkets hoje para ter acesso a serviços completos de consultoria, materiais promocionais e seus próprios orçamentos.

Saber mais
Parcerias

Conecte-se às plataformas de última geração e às negociações que seus clientes querem.

Crie uma conta Live
About ThinkMarkets
 

Sobre nós

Saiba mais sobre a ThinkMarkets, uma corretora global estabelecida e multipremiada em que você pode confiar.

Saber mais

Segurança dos fundos

A segurança dos seus fundos é nossa prioridade. Saiba mais sobre a nossa apólice de seguro com o Lloyd's de Londres.

Saber mais

Infra-estrutura de negociação

Quando se trata da velocidade em que executamos suas negociações, não poupamos despesas. Saiba mais.

Saber mais

Wiadomości ThinkMarkets

Fique atualizado com as nossas últimas notícias e anúncios.

Saber mais

Entre em contato conosco

Nossa equipe de suporte multilíngue está aqui para você 24/6.

Saber mais
About ThinkMarkets

Presença global, conhecimento local - descubra o nosso diferencial.

Crie uma conta Live
Criar conta

O que são criptomoedas?

Bitcoin é a maior criptomoeda do mundo, mas existem mais de 1.000. Veja por que elas são importantes.

 

Noções básicas de criptomoedas

Desde que o preço do Bitcoin atingiu o nível de preço de $7000, o mundo das negociações não pôde deixar de notar. Embora o Bitcoin seja a primeira criptomoeda, está longe de ser a única. Com mais de 1.000 tipos disponíveis, o que exatamente são criptomoedas e como os operadores podem se beneficiar delas?

Uma criptomoeda é uma forma de dinheiro digital que existe somente na internet. A diferença para o dinheiro digital que você usa diariamente (cartões e transferências online na moeda do seu país) é que esse tipo de moeda não é emitida por nenhum banco ou governo.

A Bitcoin e um grande número de outras criptomoedas, como Litecoin e Ethereum, são criadas através de um processo chamado “mineração”, enquanto outras criptomoedas, como Ripple e Neo, são fornecidas diretamente no mercado. Essas criptomoedas também são conhecidas como pré-minas.  

O que é Bitcoin?

Antes de nos aprofundarmos nas criptomoedas, vamos dar uma olhada mais de perto no Bitcoin. Entender o básico sobre o Bitcoin é fundamental para operadores interessados em adicionar criptomoedas em suas negociações. Criado em 2009 por uma pessoa ou grupo de pessoas de forma anônima sob o pseudônimo de Satoshi Nakamoto, o Bitcoin foi desenvolvido para facilitar pagamentos rápidos sem a necessidade de uma autoridade central.


Esta ideia revolucionária é baseada em uma tecnologia igualmente revolucionária chamada blockchain. Pense no blockchain como um documento publicamente disponível onde todas as transações de Bitcoin são armazenadas. O Bitcoin pode operar sem a necessidade de um banco porque a tecnologia blockchain torna as transações de criptomoedas disponíveis para todo mundo visualizar e verificar.
 

A rede Bitcoin


Está pronto para negociar criptomoedas no mercado real?



Criar conta

Principais características do Bitcoin

 

1. Oferta limitada
O Bitcoin foi programado por Satoshi para ter uma oferta de 21 milhões. Essa é uma informação importante ao avaliar o preço de um ativo. Isso significa que nenhum banco pode injetar mais moeda no mercado (os bancos centrais fazem isso através do que se chama flexibilização quantitativa). Por esse motivo, o Bitcoin é frequentemente visto como à prova de inflação e comparado ao ouro.
 

2. Minável
O Bitcoin é criado através da mineração. Isso significa que os desenvolvedores se unem à rede e se oferecem para verificar as transações do Bitcoin, para que o sistema possa operar sem que as autoridades se envolvam. Em troca, eles são recompensados em Bitcoins pelo tempo e energia elétrica que investem.
 

3. Transações rápidas
As transações de Bitcoin são verificadas, em média, a cada 10 minutos. Isso significa que você pode usar o Bitcoin para enviar dinheiro para qualquer lugar do mundo em até 10 minutos, mesmo durante o final de semana. Por mais impressionante que possa parecer, o Bitcoin não é mais o método mais rápido de pagamento disponível, devido ao aumento de novas criptomoedas com foco na velocidade da transação.

 

Por que as criptomoedas são tão voláteis?

Quando comparada a moedas emitidas por bancos, também conhecidas como moedas fiduciárias, a volatilidade nos mercados de criptomoeda é estranha. Para colocar em perspectiva, a volatilidade semanal típica dos pares de Forex está abaixo de 1%. A volatilidade semanal do Bitcoin, por outro lado, chegou a 60% ao ano em 2017, enquanto outras criptomoedas tiveram variações ainda maiores do que isso.

Então quais são as razões por trás dessa volatilidade? A história do mercado nos ensina que, quando um mercado é novo, pode haver mudanças repentinas de preço, à medida que operadores e investidores assimilam as novas informações. Os períodos em que os preços sobem são seguidos por períodos de queda de preços até que o mercado se estabeleça.

Enquanto alguns podem argumentar que os preços da criptomoeda se movem de uma maneira semelhante a uma bolha, não há dúvida de que os atuais níveis de volatilidade oferecem inúmeras oportunidades para os day traders. Esse é particularmente o caso durante os finais de semana, quando o Bitcoin atinge historicamente seus recordes.

 

História dos movimentos de preços do Bitcoin

À luz dessa volatilidade, vamos ver algumas das drásticas mudanças de preço que o Bitcoin vem sofrendo desde 2013.
 

Gráfico de preços do Bitcoin entre 2013 e 2017




 

  • Máximas da primavera de 2013:  O primeiro grande salto para o Bitcoin foi de $30 a $230 e aconteceu entre março e abril de 2013. Acredita-se que uma das razões potenciais seja o resgate do Chipre e a apreensão de grandes depósitos pelo banco. Fundos mantidos em Bitcoin são imunes a tais eventos.

  • Salto de novembro de 2013: O Bitcoin ganha as manchetes novamente por atingir $1.000, enquanto a demanda por Bitcoin da China cresce e o Senado dos EUA mostra interesse por esta criptomoeda ainda amplamente desconhecida.

  • Mínimas de janeiro de 2015: O Bitcoin sofre com as restrições impostas na China e com a prisão de William Ulbricht, criador do Silk Road, uma plataforma on-line que vende drogas ilegais.

  • Máximas de 2017: O Bitcoin ultrapassa a marca de $10.000. Operadores e investidores não podem mais ignorar as criptomoedas.

 

 
Back to top