Aprenda a negociar
 
Biblioteca de guias de negociação

Independentemente do seu nível de experiência, baixe nossos guias de negociação gratuitos e desenvolva suas habilidades.

Saber mais
Aprenda a negociar

Negocie com mais inteligência: melhore suas habilidades com nossos recursos de treinamento.

Crie uma conta Live
Análise de mercado
 
Calendário Econômico

Esteja à frente de todos os movimentos do mercado com nosso calendário econômico constantemente atualizado.

Saber mais
Análise técnica

Use os dados de mercado passados para prever a direção dos preços e antecipar movimentos do mercado.

Saber mais
Análise de mercado

Aproveite a inteligência de mercado que você precisa para criar suas estratégias de negociação.

Crie uma conta Live
Parcerias
 
Programa de Afiliados

Faça seu negócio crescer e seja recompensado. Saiba mais sobre o nosso Programa de Afiliados hoje.

Saber mais
Gerente de dinheiro

Aumente sua renda e seja recompensado por seu conhecimento sobre negociações com a ThinkInvest, que coloca você no controle.

Saber mais
Negociação com API

Crie sua própria plataforma de negociação ou ferramentas de dados com nossas modernas APIs.

Saber mais
Programa de IBs

A ThinkMarkets garante elevados níveis de satisfação do cliente com altas taxas de retenção de clientes e conversão.

Saber mais
Etiqueta branca

Nós fornecemos tudo o que você precisa para criar sua própria marca no setor de Forex.

Saber mais
Representantes regionais

Seja parceiro da ThinkMarkets hoje para ter acesso a serviços completos de consultoria, materiais promocionais e seus próprios orçamentos.

Saber mais
Parcerias

Conecte-se às plataformas de última geração e às negociações que seus clientes querem.

Crie uma conta Live
Sobre o ThinkMarkets
 
Sobre nós

Saiba mais sobre a ThinkMarkets, uma corretora global estabelecida e multipremiada em que você pode confiar.

Saber mais
Segurança dos fundos

A segurança dos seus fundos é nossa prioridade. Saiba mais sobre a nossa apólice de seguro com o Lloyd's de Londres.

Saber mais
Infra-estrutura de negociação

Quando se trata da velocidade em que executamos suas negociações, não poupamos despesas. Saiba mais.

Saber mais
Entre em contato conosco

Nossa equipe de suporte multilíngue está aqui para você 24/7.

Saber mais
Sobre o ThinkMarkets

Presença global, conhecimento local - descubra o nosso diferencial.

Crie uma conta Live
Criar conta

Como negociar platina?

Saiba tudo sobre os benefícios da negociação de platina

 

Negociação de platina - Noções básicas

A platina é um metal prateado branco que é ainda mais raro na natureza do que o ouro. A platina é usada tanto em joalherias como em muitas aplicações industriais. Devido a essa alta demanda e oferta limitada, o mercado de platina tende a negociar a um preço mais alto em comparação com o ouro. Vejamos os maiores participantes do mercado de platina.

Quem negocia platina?

O mercado de platina tem um grande número de participantes envolvidos. Grande parte deles compra platina como commodity, enquanto o restante entra no mercado com o objetivo de lucrar com as flutuações de preço desse metal precioso.
 

  1. Fabricantes de joias

O mercado de joias é responsável, em grande parte, pelo consumo mundial de platina. A alta demanda pela joalheria branca em combinação com sua escassa oferta é uma das principais razões pelas quais a platina é mais cara do que o ouro.

 
  1. Indústria automotiva

A indústria automotiva tem uma grande demanda por platina, pois é usada na fabricação de catalisadores automotivos, que reduzem a nocividade das emissões. Outras aplicações industriais incluem discos rígidos, fertilizantes e drogas contra o câncer.

 
  1. Investidores

Os investidores de alta de platina compram platina na forma de moedas e barras. Desde 1997, a moeda American Platinum Eagle é a única moeda de platina com grau de investimento oficial do governo dos EUA.

 
  1. Operadores

Um número crescente de operadores vê a negociação de platina como uma oportunidade de diversificar suas negociações com mercados alternativos e capitalizar as flutuações de preço desse metal precioso.

Está pronto para negociar platina no mercado real?

 


Criar conta

O que afeta preço da platina?

A platina é muitas vezes negligenciada pelos operadores em favor do ouro e da prata. No entanto, uma vez que os operadores entendam as características únicas desses mercados, eles geralmente acham que a possibilidade de expandir suas operações para a platina é uma perspectiva interessante.
 

  1. Oferta geograficamente limitada

Estima-se que a platina é cerca de 15 a 20 vezes mais rara do que o ouro. Cerca de 90% da sua oferta global provém da Rússia e da África do Sul, com elevada incerteza quanto ao futuro desta oferta. Some a isso o fato de que adquirir uma onça pura de platina requer muita energia e capital e não é de admirar que a oferta seja um dos principais fatores que determinam seu preço.
 

Com apenas dois países envolvidos no processo de mineração, há uma maior oportunidade para comportamentos semelhantes a monopólios, que podem ter um efeito drástico nos níveis de produção de platina e, consequentemente, no seu preço.

 
  1. Demanda variada

Devido ao seu duplo papel como uma commodity amplamente utilizada na indústria automotiva e um metal precioso, a demanda por platina está intimamente ligada à legislação. No verão de 2017, por exemplo, a demanda por platina diminuiu quando as vendas de veículos a diesel caíram em alguns países europeus devido à especulação de que os governos aumentariam os custos para os proprietários de carros a diesel.

O preço da platina tem, naturalmente, mais impulsionadores do que apenas a demanda por catalisadores na indústria automotiva. É útil que os operadores que desejam participar deste mercado estejam cientes dos principais eventos do setor que podem causar um sentimento negativo em relação ao metal precioso.

 

Volatilidade no mercado da platina

Ao contrário do ouro, a platina é fortemente dependente da demanda industrial e do processo de mineração. Acrescente a isso o fato de que a produção está concentrada apenas em dois países e fica evidente que a volatilidade da platina é maior do que em qualquer outro mercado de metais.
 
Olhando para o gráfico abaixo, fica evidente que, embora o maior aumento nos preços da platina tenha acontecido nos anos 90, não foi sem volatilidade substancial. Volatilidade semelhante foi observada na década seguinte, quando o preço da platina caiu de cerca de $2250 para menos de $800 em apenas 6 meses.
 

Volatilidade do preço da platina entre 1990 e 2017


 

 

Correlação de preços entre platina e ouro

A correlação entre ouro e platina é uma estatística fundamental que os operadores de metais levam em conta ao avaliar o mercado de platina. Embora os preços se movam em conjunto, a platina tem sido tradicionalmente mais cara do que o ouro, devido à sua maior escassez.

O gráfico abaixo confirma que, de 1987 a 2008, houve apenas alguns momentos em que o preço da platina estava abaixo do preço do ouro. Apenas em 2011 o preço do ouro começou a exceder o preço da platina. Esta anomalia de preços é considerada uma oportunidade valiosa para os operadores com uma perspectiva de longo prazo.



Embora a platina reserve seu próprio lugar como um metal de oferta limitada e demanda crescente, o cobre é outro dos metais preciosos frequentemente escolhidos pelos operadores que procuram mercados menos explorados. Descubra tudo o que você precisa saber sobre a negociação de cobre e os benefícios reservados para os operadores.

 
  • Agora que você conhece as características únicas do mercado de platina, descubra

  • Como negociar cobre
Back to top